Tipos de marcha em running: eleja as sapatilhas corretas

Sabia que nem todos as pessoas que correm precisam do mesmo calçado? O tipo de apoio de pegada é muito importante na escolha das sapatilhas que o acompanharão no exercício.

Como corredor principiante, apercebe-se de que reconhecer a forma como o seu pé apoia quando se mexe e usar o calçado certo vai ajudá-lo a ter um melhor desempenho nos seus treinos e evitar lesões incómodas.

Tipos de marcha em running e chaves para eleger sapatilhas

Todos os runners têm uma forma de correr que os caracteriza. Desde a postura à forma como se coloca o corpo em cada passo. Estes elementos diferenciam-nos uns dos outros e conhecê-los ajuda-nos a fazer a escolha certa ao comprar sapatilhas de corrida.

Existem três tipos de pegada, que juntamente com o peso corporal do runner e o terreno sobre o qual ele ou ela corre habitualmente, atuam como elementos essenciais que fazem pender o equilíbrio em direção a determinadas sapatilhas. As marcas desportivas utilizam a última tecnologia à sua disposição para assegurar que cada atleta encontre a sapatilha desportiva que melhor se adapta ao seu estilo de corrida, com uma ótima combinação de materiais e amortecimento.

1. Marcha pronadora em running

Este tipo de marcha é o mais comum, de facto, mais de metade das pessoas que saem para uma corrida têm este tipo de marcha. Caracteriza-se pelo facto de, no impacto com o solo, o tornozelo inclinar-se ligeiramente para o interior do pé e a primeira coisa que entra em contacto com o pavimento é o exterior. É por isso que normalmente o seu calçado está mais gasto nesta área.

Os runners pronadores devem utilizar sapatilhas com bom apoio no interior para controlar a pronação excessiva. A combinação de diferentes densidades de EVA, o material a partir do qual a sola e a entressola são feitas, ajuda a alcançar o excelente nível de amortecimento de que um pronador necessita. No entanto, antes de decidir, é importante conhecer o grau exato da pronação.

Sapatilhas de running adidas Supernova para mulher

Um bom exemplo deste tipo de sapatilhas são as adidas Supernova + para mulher.

2. Marcha supinadora ao correr

A marcha supinadora é caracterizada precisamente pelo oposto: o runner inclina o tornozelo para o exterior quando entra em contacto total com o solo. Este tipo de passo é muito raro e é mais comum em pessoas com um arco plantar muito pronunciado. 

Sapatillas de running adidas Ultraboost 21 para homem

Os corredores supinadores tendem a ter desconforto nos tendões do tornozelo e no exterior dos joelhos e são mais propensos a sofrer de entorses. Por esta razão, precisam de sapatilhas com excelente amortecimento como as adidas Ultraboost 21 ou as Asics Gel Pulse 12.

Sapatillas de running Asics Gel Pulse 12 para homem

3. Marcha neutra em corrida

Quando o tornozelo não se inclina para nenhum dos lados quando o pé se apoia, falamos de um passo neutro. Neste caso, o risco de ferimentos é minimizado. Portanto, se tiver um passo neutro, parabéns! O seu estilo de corrida é mais seguro e a gama de sapatilhas disponíveis tem sido grandemente expandida.

Sapatillas de running adidas Solar Boost para mulher

Em Décimas, gostamos das adidas Solar Boost para mulher ou as sapatilhas trail running Nike Juniper para homens que gostam de correr em cross country.

Sapatilla de trail running Nike Juniper para homem

3 dicas express para selecionar as suas sapatilhas de running

Para além de algumas dicas básicas para correr no calor este Verão, dê uma vista de olhos a estas 3 dicas express para escolher o seu calçado de corrida:

  1. Faça um estudo biomecânico de pegada e saberá exatamente qual é a sua.
  2. O tipo de terreno por onde vai correr também tem influência no topo de calçado a eleger.
  3. Renove as suas sapatilhas uma vez por ano, ainda que dependa do uso que lhes dá.
Be Sociable, Share!

This post is also available in: Espanhol Francês

Leave a Comment