O que é a ortorexia? Sintomas e tratamento

ortorexia

Falamos sempre da importância de comer refeições saudáveis e equilibradas, mas, como tudo na vida, o excesso pode ser prejudicial. Quando nos preocupamos muito em comer alimentos saudáveis e de qualidade, a ponto de ficarmos obcecados com isso, ocorre uma desordem conhecida como ortorexia. A Décimas explica os sintomas e o melhor tratamento para superar este problema.

O que é a ortorexia e porquê ocorre?

A obsessão por uma alimentação saudável e pela qualidade alimentar é conhecida como ortorexia. Trata-se de uma preocupação patológica e irracional.

Os que sofrem deste distúrbio alimentar estão continuamente preocupados em comer alimentos muito saudáveis e exigem muito das técnicas culinárias e das origens dos alimentos.

Esta preocupação excessiva é negativa porque afeta a saúde mental.

Sintomas da ortorexia

Levar um estilo de vida saudável é mais do que aconselhável. O problema ocorre quando ficamos obcecados com ele e não nos deixamos desviar do guião ou, neste caso, do menu. Vejamos os principais sintomas da ortorexia:

  • Ter uma preocupação excessiva com os alimentos, chegando ao ponto de sofrer ansiedade sobre a qualidade e a quantidade dos alimentos consumidos.
  • Levar uma dieta demasiado restritiva e desequilibrada, eliminando tantos alimentos que a sua dieta acaba por ser insalubre.
  • Desenvolver rituais alimentares que envolvem a preparação de alimentos que, embora inúteis, consomem muito tempo e podem mesmo afetar a qualidade nutricional dos alimentos.
  • Experimentar sentimentos de culpa quando quebra as suas próprias regras alimentares. Isto pode levar à autopunição, levando a pessoa a restringir ainda mais os alimentos que pode comer e realizar exercício em excesso, o que também não é saudável.
  • Sofrer medos irracionais relacionados com os efeitos dos alimentos, tais como engordar ou mesmo morrer por comer um determinado alimento.
  • Perder o interesse por outras coisas além da alimentação.

Tratamento para superar a ortorexia

A ortorexia tem consequências muito negativas para a nossa saúde física e mental, uma vez que podemos sofrer danos físicos por não comer de forma saudável, problemas psicológicos e mesmo isolamento social devido a esta obsessão com a alimentação.

As causas da ortorexia podem ser muito diversas, sendo um conjunto de fatores os responsáveis pelo surgimento deste distúrbio alimentar. Acredita-se que as pessoas que são muito perfeccionistas e que já têm traços obsessivos e as que são obrigadas a manter um baixo peso (como os atletas) são mais suscetíveis de sofrer desta desordem.

Por todas estas razões, é importante aplicar um tratamento para superar a ortorexia. Neste caso, é necessário submeter-se à terapia psicológica, embora também possa ser necessário combiná-la com terapia farmacológica em certos casos. A chave é conhecer as razões pelas quais sofre desta desordem, a fim de combater o mal pela raiz.

Na Décimas somos defensores de hábitos de vida saudáveis e de métodos de cozinha saudáveis, como o batch cooking. Mas cuidado para não ficar obcecado com isso. Uma coisa é comer bem e ter uma dieta saudável e equilibrada, outra é não se permitir experimentar certos alimentos e transformá-los numa obsessão.

Como os nossos peritos recomendam, é essencial combinar exercício físico com uma alimentação adequada. Se seguirmos a nossa dieta durante 80-90% do tempo, podemos permitir-nos 10-20% do tempo para comermos o que quisermos.

Be Sociable, Share!

Leave a Comment