Fazer exercício em jejum: prós e contras

Existem certas regras básicas associadas à prática de desporto que ninguém questiona, como o uso de roupa desportiva apropriada, a seleção de umas sapatilhas adequadas para a atividade que vamos realizar, possuir distintos acessórios (como o tapete de desporto, para evitar lesões nas costas), etc. Mas se és daqueles que preferem ir ao ginásio muito cedo, certamente já te questionaste sobre se será positivo ou não fazer exercício em jejum. É bom ou mau treinar com o estômago vazio? A verdade é que existem vários estudos que apoiam essa prática, argumentando que assim é possível queimar mais gordura do que se tivéssemos comido alguma coisa antes. Mas neste artigo, abordaremos os prós e contras desta questão.

Hacer ejercicio en ayunas

É compreensível que, face à ausência de hidratos de carbono como fonte de energia, e como não há comida à qual possa recorrer o organismo, durante a sessão de treino o corpo vai buscar a gordura corporal que tem armazenada. Como vês, o argumento é bastante simples e de fácil compreensão. Mas trata-se de uma prática adequada para todos? A verdade é que não.

É bom para mim fazer exercício em jejum?

Nem todos somos candidatos a praticar desporto com o estômago vazio. Em geral, esta é uma fórmula indicada apenas para quem treina regularmente e está habituado a fazer exercício. Portanto, se ainda estás a começar a praticar desporto ou só vais ao ginásio de vez em quando, provavelmente não é algo recomendável para ti.

Por outro lado, esta prática também não é recomendada para os adeptos dos desportos de força ou de resistência, como o crossfit, levantamento de peso, body pump e outras aulas dirigidas desse tipo. Tratam-se de atividades de alta intensidade que exigem que os nossos depósitos de glicogénio (quando os hidratos de carbono se decompõem forma-se a glicose, que é armazenada nos músculos e no fígado na forma de glicogénio) estejam cheios.

E então, quem pode fazer exercício com o estômago vazio? Esta é uma prática indicada fundamentalmente para ciclistas, triatletas ou corredores de longa distância. Este grupo de desportistas consegue, desta forma, uma sessão de treino muito mais eficaz.

Prós e contras de treinar com o estômago vazio

Se praticas desporto com regularidade, podes tentar introduzir este hábito na tua rotina. Isso sim, é aconselhável começar com atividades aeróbicas de baixa intensidade, como natação, corrida ou ciclismo, por exemplo. É claro que no princípio os treinos serão um pouco difíceis, mas, aos poucos, os teus músculos vão-se habituando à nova dinâmica.

Vejamos agora quais os principais prós e contras de fazer exercício com o estômago vazio:

Vantagens

1. Queimas mais gordura

Como não há reservas suficientes de glicogénio, o metabolismo vai precisar de recorrer a outra fonte de energia, que neste caso serão os depósitos de gordura. É, portanto, um aliado interessante para perder peso de forma mais rápida. Mas deves ser paciente, porque os resultados não são imediatos.

2. Melhoras o teu desempenho

Em certos casos, fazer exercício com o estômago vazio melhora o desempenho. Mas isto só se aplica a atividades de resistência, como maratonas ou corridas longas. Como o corpo está muito mais leve, pode aguentar durante mais tempo um desporto de baixa intensidade.

Desvantagens

1. Maior sensação de fadiga

Há vários especialistas que desencorajam totalmente essa prática, dado que, na sua opinião, vai contribuir para aumentar a nossa sensação de fadiga e o cansaço durante a prática de desporto. Um deles é Henrique Jones, ex-médico da seleção portuguesa de futebol, quem afirmou, em entrevista à agência Lusa, que apesar de não existir um risco imediato em termos cardiovasculares de treinar em jejum, “esta metodologia de treino é incorreta e pode provocar fadiga precoce e até eventual agravamento das micro lesões musculares”.

2. Não é apropriado para exercícios de força

Como vimos anteriormente, se gostas de realizar exercícios de força, não deverias treinar sem tomar antes um bom pequeno-almoço. Tem em conta que essas disciplinas são muito exigentes, e requerem que os depósitos de glicogénio estejam a transbordar. Também não é uma prática para ti se não és um atleta demasiado ativo.

3. Diminui a massa muscular

Definitivamente, não pratiques desporto com o estômago vazio se a tua intenção é aumentar a massa muscular. Se o que queres é ganhar volume, é essencial contar com uma boa fonte de hidratos de carbono.

Concluindo, fazer exercício com o estômago vazio é uma prática que tem as suas luzes e sombras. É claro que, para conseguir o melhor desempenho, vais precisar de muita energia! E para isso deverás dispor do equipamento desportivo ideal que, como sempre, está à tua espera na Décimas.

Be Sociable, Share!

This post is also available in: Espanhol

Leave a Comment