Como ensinar a nadar: passos e melhores brincadeiras

Quanto mais cedo se aprende a nadar, melhor para todos: as crianças tornam-se mais independentes, e os pais podem brincar com elas à vontade nas praias e piscinas. 

 

Portanto, se quer ensinar os seus filhos a nadar e quer poupar o investimento nas aulas de natação, partilhamos algumas noções básicas que serão de grande ajuda. Como ensinar uma criança a nadar? Anote!

 

Qual é a melhor idade para se aprender a nadar?

Os especialistas recomendam que as crianças aprendam a nadar por volta dos 3 ou 4 anos de idade. Considera-se que, neste momento, elas já são maduras o suficiente para absorver este conhecimento como uma esponja.

Se puder pagar, o ideal é que eles participem de aulas de natação com profissionais da área. Mas se não puder fazer este investimento, não há problema: os próprios pais podem ensinar os filhos a nadar.

Quando começam a fazer aulas na idade recomendada, o primeiro que aprendem é a “sobreviver na água”, ou seja, técnicas para aprender a flutuar e encontrar uma saída em caso de necessidade. A partir daí, aos poucos, a técnica será aperfeiçoada.

 

Passos para ensinar as crianças a nadarem

A natação é um dos desportos de verão mais divertidos! Portanto, não será difícil convencer o seu filho a entrar consigo na água para que lhe possa ensinar a nadar. Partilhamos os passos para tornar este processo tão agradável quanto possível:

 

  1. Faça com que ele se sinta seguro. A primeira coisa que precisa de fazer é perder o medo e fazer com que ele se sinta seguro. Deixe claro para ele que com a sua ajuda ele estará seguro.
  2. Eles devem começar de um lugar em que possam estar de pé. Os seus pés devem tocar o fundo quando estão a começar, pois assim sentirão que, embora não possam flutuar, poderão tocar o solo sem problemas e permanecerão seguros.
  3. Ensine-o a respirar. Controlar a respiração debaixo d’água é essencial para que se possa perder o medo a nadar. Não é preciso colocar a cabeça debaixo d’água, basta brincar de soltar bolhas pela boca. Mais tarde, poderá ensiná-los a mergulhar toda a cabeça. De certeza que eles irão adorar!
  4. Primeiro, os pés. O exercício de bater as pernas na água é o próximo passo. Pode segurar a criança pelos braços e mostrar como pode fazer força com o abdômen. Em princípio será preciso ajudá-lo a coordenar o movimento.
  5. Em segundo lugar, os braços. Neste exercício de coordenação, uma vez controlados os pés, é hora de introduzir o movimento com os braços. Primeiro, tente fazê-lo mover apenas os braços; de seguida, combine braços e pés. Ajude-o a perceber que se ele dominar todo o corpo, poderá mover-se mais rapidamente.
  6. Deixe-o nadar sozinho! Quando a criança tiver todos os movimentos sob controlo e sentir-se confiante em colocar a cabeça para dentro e para fora da água, é hora de praticar por conta própria. Acompanhe-o com os olhos e logo verá que ele se sentirá como um peixe na água.

As melhores brincadeiras para ensinar a nadar

Uma das melhores técnicas para ensinar uma criança a nadar é através da brincadeira. Para os mais pequenos será mais divertido e eles irão aprender sem se dar conta. Aqui vão algumas ideias de brincadeiras para ensinar as crianças a nadar:

 

  • O tesouro. Coloque os brinquedos a uma distância segura e incentive a criança a alcançá-los. Utilize primeiramente os brinquedos flutuantes. Logo que eles conseguirem superar este desafio, é hora de utilizar brinquedos que afundam para que eles possam praticar o mergulho.
  • Circuito. Posicione os brinquedos em diferentes pontos da água. A ideia é que eles consigam coletar todos. O objetivo pode ser, por exemplo, colocá-los todos num cesto. Dessa forma terão de entrar e sair da piscina para os levar de um lado para o outro e a criança irá exercitar-se mais.
  • O tubarão. O pequeno deve ‘assustar’ os banhistas ou, neste caso, os pais. Ele tentará perseguir-lhe tal como um tubarão, enquanto nada por curtas distâncias. Aumente os intervalos até que a criança se sinta mais segura.

 

Existem muitos jogos que podem ser úteis quando não se sabe como ensinar uma criança a nadar. Permita que os pequenos concluam este verão como autênticos peixinhos! 

Be Sociable, Share!

This post is also available in: Espanhol Francês

Leave a Comment