Postura do guerreiro: tipos e benefícios

A postura do guerreiro da ioga (conhecida como Virabhadrasana em sânscrito) é uma postura que exercita força, mobilidade, equilíbrio e fluidez de movimento. Existem três variantes e todas exigem-nos muito esforço físico e mental. Quer conhecê-las melhor e saber quais são os seus benefícios?

Benefícios da postura do guerreiro

A postura do guerreiro na yoga é uma das mais conhecidas, pois oferece muitos benefícios para o corpo e a mente. Vejamos alguns deles:

  • Permite alongar a parte superior do corpo.
  • Ajuda a fortalecer as pernas e nádegas.
  • Ajuda a tonificar o corpo e perder peso.
  • Melhora a coordenação, equilíbrio e estabilidade corporal.
  • Ajuda a corrigir a postura corporal.
  • Aumenta a concentração.
  • Permite relaxar e eliminar o stress.
  • Melhora a capacidade respiratória e pulmonar.
  • Ajuda a aliviar a dor em certas partes do corpo.

Tipos de postura do guerreiro na yoga

Depois de vermos os principais benefícios da postura do guerreiro para o nosso corpo e mente, é hora de diferenciar as três variantes que existem (postura do guerreiro 1, 2 e 3) e perceber as suas vantagens.

Guerreiro 1 (Virabhadrasana I)

Para fazer a postura do guerreiro 1 corretamente, coloque os quadris para frente e passe uma perna para trás num ângulo de 45 graus. Toda a sola do pé traseiro deve estar no chão, mas isso irá depender da sua mobilidade e equilíbrio. É normal que no início só consiga colocar a ponta do pé no chão.

A perna de trás estará totalmente estendida e o joelho da frente formará um ângulo de 90 graus, alinhado com o tornozelo.

Os braços devem estar esticados para cima, com as palmas das mãos em contato e os olhos voltados para os polegares. O seu tronco deverá estar ligeiramente inclinado para frente e deve fazer força com o abdômen, sem por isso forçar a parte inferior das costas.

Guerreiro 2 (Virabhadrasana II)

A postura do guerreiro 2 tem uma certa variação em relação à primeira, pelo que pode começar da primeira posição para que a execução da segunda seja mais fácil.

A perna traseira também deverá formar um ângulo de 45 graus, com o pé a apontar para fora, não para a frente. E sempre bem apoiado no chão para manter o equilíbrio. O quadril aponta para a frente e a perna da frente faz um ângulo de 90 graus, alinhando-se com o tornozelo.

A parte superior do corpo virada para o lado, não para a frente, mantendo a parte inferior das costas esticada.

Os ombros devem estar relaxados, enquanto os braços ficam esticados na mesma altura e o olhar focado em direção ao dedo médio.

Guerreiro 3 (Virabhadrasana III)

A postura do guerreiro 3 é a mais complicada e exige grande equilíbrio. Além disso, é um pouco diferente das outras duas.

apenas uma perna de apoio, que deve ser esticada, mas sem estender totalmente o joelho ou flexionar o pé de apoio.

A perna de trás ficará “suspensa” no ar e formará um ângulo de 90 graus com a perna de apoio, de modo que as suas costas fiquem tão retas quanto possível.

Os quadris estarão retos, fazendo-se força no abdômen e mantendo a parte inferior das costas ereta.

Empurre os ombros para baixo e junte as palmas das mãos, como se estivesse a pedir perdão, mas aproveitando o gesto para fortalecer o equilíbrio.

Erros mais comuns ao praticar esta postura

Até agora falamos sobre a postura do guerreiro com três variantes, mas há outras derivações, como a postura do guerreiro humilde ou a postura do guerreiro pacífico. Não vamos nos aprofundar nestas, mas convém dizer que cada postura apresenta as suas dificuldades.

Dito isso, vejamos os erros mais comuns ao praticar a postura do guerreiro:

  • Levantar muito os ombros.
  • Não esticar corretamente a perna traseira.
  • Arquear muito as costas.
  • Colocar as mãos tortas.
  • Não dobrar o joelho de apoio.
  • Não colocar os braços no alinhamento correto.
  • Manter os ombros tensos.

Lembre-se de que a yoga ajuda-o a encontrar o equilíbrio entre corpo e mente, então tenha calma ao fazer estes movimentos e tire o máximo proveito disso. 

Lembre-se de que, se deseja combater o stress, também há outras posturas da ioga muito úteis para a ansiedade. A postura do guerreiro é uma delas!

Be Sociable, Share!

This post is also available in: Espanhol Francês

Leave a Comment