A que idade e como devem começar a correr as crianças?

O running é um dos desportos da moda e, assim sendo, as crianças começam a demonstrar interesse por ele desde pequenas. Correr em família é uma forma de partilhar tempo de qualidade e de estar em forma. É, no entanto, necessário fazê-lo com cuidado e com as devidas adaptações às necessidades dos mais pequenos.

A partir de que idade é que uma criança pode correr?

É conveniente que as crianças comecem a realizar atividades físicas desde que são muito pequenas, inclusive desde bebés. É necessário, no entanto, compreender a diferença entre fazer exercício adaptado a cada etapa do desenvolvimento e praticar um desporto com o objetivo de competir.

Assim sendo, os expertos recomendam que os menores de cinco anos não desenvolvam nenhum treino. A partir desta idade podem começar a praticar running, adaptando as sessões às suas capacidades físicas.

Correr entre os 5 e os 8 anos

A esta idade as crianças podem correr distâncias curtas, de um quilometro no máximo. O exercício deve entender-se como uma brincadeira e dividir-se em pequenas sessões de 50 ou 100 metros cada uma.

A melhor forma de incentivar as crianças a correr é oferecendo-lhes variedade, posto que estas se aborrecem rapidamente quando realizam atividades repetitivas. Escolher localizações diferentes e jogar ao lencinho, ao esconde-esconde ou à apanhada levará as crianças a mexer-se de forma natural, ensinar-lhes-á a cumprir regras e, quando perderem, a gerir o fracasso.

Correr entre os 8 e os 12 anos

A partir desta idade, as crianças podem começar a realizar treinos de curta duração de forma ligeira. É importante ensinar-lhes a dosificar a energia, já que as crianças têm tendência a correr a velocidade máxima, e começar a mostrar-lhes a técnica adequada para evitar lesões.

Correr entre os 12 e os 16 anos

A partir dos 12 anos a evolução das crianças é impressionante, sendo que podem chegar a correr distâncias de 5 quilómetros. Este é o momento de as inscrever em corridas populares para que comecem a competir, se assim o desejarem.

Os adolescentes deverão manter esta distância durante alguns anos, uma vez que não devem correr mais de 5 quilómetros até aos 16 anos. Para corridas de maior esforço, tais como as maratonas, deverão esperar até atingir a maioridade.

Como escolher sapatilhas de corrida para as crianças

A escolha de sapatilhas adequadas é de extrema importância pois, se estas aleijam, podem provocar malformações ou mãos hábitos ao pisar.

Assim, deve-se optar por umas sapatilhas para correr resistentes, flexíveis e nas quais o pé esteja seguro; o ideal é que tenham atacadores ou velcros para evitar a sensação de que o pé sai da sapatilha.

Zapatillas running Tenth Easy Run para niño

A sapatilha de corrida Tenth Easy Run para rapaz adapta-se a todos os tipos de pé, é flexível, transpirável e confortável. A sola de borracha oferece uma boa aderência e é muito resistente. Para as raparigas, as sapatilhas de treino Easy Run dispõem de uma sola flexível que facilita o caminhar.

Zapatillas running Tenth Easy Run para niña

De dois em dois ou de três em três meses os pés das crianças crescem alguns milímetros e, por isso, é preciso assegurar-se de que o calçado não lhes deixa de servir. Convém que exista sempre uma distância de cerca de 0,5 a 1,5 centímetros entre o dedo gordo e a ponta do pé.

Be Sociable, Share!

This post is also available in: Espanhol Francês

Leave a Comment