Correr ou caminhar: qual é melhor para ficar em forma?

Existe um eterno dilema desportivo para o qual ainda não se encontrou uma resposta simples e imediata. O que é melhor: correr ou andar? Talvez essa pergunta te venha muito à cabeça ultimamente, porque estás a pensar seriamente em pôr-te em forma e queres praticar uma dessas atividades.

De acordo com a Fundação Portuguesa de Cardiologia, “desde que ajustadas às características individuais de cada um e respeitadas as principais questões de segurança (calçado adequado, locais seguros, intensidades e durações apropriadas), a marcha e a corrida são opções de prática saudáveis, económicas e seguras”. Ou seja, ambas as modalidades são benéficas tanto para o nosso corpo como para a nossa saúde, simplesmente porque envolvem a prática de exercício físico. Mas, obviamente, para tomar a melhor decisão possível tendo em conta as tuas características e estado de forma, é essencial começar por conhecer os prós e os contras de cada opção. E depois és tu quem decide!

Correr ou caminhar

Caminhar é melhor se…

O “power walking” (caminhada a passo acelerado), é uma atividade que oferece inúmeros benefícios. É uma disciplina que mantém o colesterol controlado, reduz a pressão sanguínea, controla os níveis de açúcar, contribui para queimar calorias e favorece o sistema imunológico. Além disso, se for praticada com alguma intensidade, também te ajuda a tonificar as pernas e os glúteos. Para que tenhas uma ideia, caminhando a uma velocidade moderada (a cerca de 5 km/h), podes chegar a perder cerca de 300 calorias por hora.

Então, aposta pelo “power walking” se:

  • Nunca fizeste exercício e não estás em boa forma física
  • Sofres de sobrepeso
  • Tens uma lesão no joelho (caminhar implica um impacto menor nos joelhos que a corrida)
  • Queres abandonar, pouco a pouco, o estilo de vida sedentário que levavas
  • Preferes fazer exercício ao ar livre, em vez do ginásio

Correr é melhor se…

Os benefícios da corrida estão bem demonstrados. Esta atividade não só favorece o funcionamento do sistema cardiovascular. Tal como andar a pé, também reduz o risco de sofrer de diabetes ou hipertensão. Como inconveniente, podemos destacar que é uma atividade de um certo impacto, pelo que se tens uma lesão no joelho ou nas articulações, pode não ser o exercício mais conveniente.

No entanto, não há dúvida de que correr é um exercício muito mais intenso do que caminhar, pelo que permite queimar mais calorias. Em termos gerais, podemos dizer que 5 minutos de corrida equivalem a cerca de 15 minutos de caminhada. Por isso, é uma disciplina recomendada para jovens e para quem desfruta de uma boa condição física.

Face ao dilema sobre o que é melhor, correr ou caminhar, deverás escolher a primeira opção se:

  • O que pretendes é realizar um exercício vigoroso e com uma certa intensidade
  • Praticas desporto há vários anos
  • Queres obter resultados a curto prazo. Por exemplo, se desejas perder peso rapidamente.
  • És dos que preferem fazer exercício sozinho e ao ar livre
  • Não tens muito tempo livre para ir ao ginásio

Então, se estás com dúvidas sobre o que é melhor para ti, correr ou caminhar, nós respondemos-te que tudo dependerá do tempo tens disponível. Como explicávamos algumas linhas acima, para queimar as calorias equivalentes a 25 minutos de corrida, deverás caminhar mais de uma hora e meia.

De qualquer forma, recomendamos que sigas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), independentemente do exercício escolhido. Esta instituição ressalta a necessidade de dedicar pelo menos 150 minutos por semana à prática de uma atividade física. Obviamente, neste momento é essencial que apostes pelo vestuário desportivo apropriado. Tem em conta, principalmente, a qualidade das tuas sapatilhas de desporto, pois elas serão as responsáveis por fornecer a estabilidade e o amortecimento necessário nas tuas sessões desportivas. Na Décimas temos vários modelos à tua disposição, para que possas cumprir facilmente o objetivo estabelecido pela OMS!

Be Sociable, Share!

This post is also available in: Espanhol

Etiquetas:

Leave a Comment